BEM-VINDOS AO

ROTEIRO DO ODISSEIA

path-15@3x

BEM-VINDOS AO

ROTEIRO DO ODISSEIA

path-15@3x
null

EDITORIAL

path-15@3x

Um grande desafio, com um percurso de trabalho intenso, um compromisso muito forte mas um objetivo final compensador e de dever cumprido é o roteiro do ODISSEIA

path-15@3x

DR. Laranja Pontes
Presidente do Conselho
de Administração

EDITORIAL

path-15@3x

O objetivo deste projeto de investigação é elaborar uma ferramenta de trabalho que permita um controlo das múltiplas variáveis da doença oncológica em termos de incidência e prevalência na Região Norte.
Este projeto será uma vantagem para o desenvolvimento da cadeia de valor associada, procurando que os profissionais e os cidadãos tenham lugar e um resultado privilegiado no processo.

O objetivo deste projeto de investigação é elaborar uma ferramenta de trabalho que permita um controlo das múltiplas variáveis da doença oncológica em termos de incidência e prevalência na Região Norte.
Este projeto será uma vantagem para o desenvolvimento da cadeia de valor associada, procurando que os profissionais e os cidadãos tenham lugar e um resultado privilegiado no processo.

A multiprofissionalidade, que já é constitucional neste projeto de investigação, será transferida para a fase de mundo real. O sentido de propriedade, a coordenação facilitada, a interoperabilidade de múltiplos sistemas – no sentido de obter indicadores de processo – a qualidade e valor irão permitir uma robusta assistência na procura da decisão, que vai ser tão necessária nesta área.

Os cidadãos irão ter acesso, através das plataformas de comunicação, a dados em tempo real, oportunidade de educação e investigação clínica e ainda, por uma adesão mais participada e esclarecida, a dados do valor do serviço solidário que patrocinam através das decisões políticas de financiamento e organização dos Serviços de Saúde.

O ODISSEIA é um projeto de investigação desenvolvido no Horizonte 2020 mas que esperamos que venha a ser uma peça do horizonte de sucesso da nossa comunidade de saúde e, mais especificamente, do controlo do cancro
na Região Norte.

Ler mais

O objetivo deste projeto de investigação é elaborar uma ferramenta de trabalho que permita um controlo das múltiplas variáveis da doença oncológica em termos de incidência e prevalência na Região Norte.
Este projeto será uma vantagem para o desenvolvimento da cadeia de valor associada, procurando que os profissionais e os cidadãos tenham lugar e um resultado privilegiado no processo.

A multiprofissionalidade, que já é constitucional neste projeto de investigação, será transferida para a fase de mundo real. O sentido de propriedade, a coordenação facilitada, a interoperabilidade de múltiplos sistemas – no sentido de obter indicadores de processo – a qualidade e valor irão permitir uma robusta assistência na procura da decisão, que vai ser tão necessária nesta área.

Os cidadãos irão ter acesso, através das plataformas de comunicação, a dados em tempo real, oportunidade de educação e investigação clínica e ainda, por uma adesão mais participada e esclarecida, a dados do valor do serviço solidário que patrocinam através das decisões políticas de financiamento e organização dos Serviços de Saúde.

O ODISSEIA é um projeto de investigação desenvolvido no Horizonte 2020 mas que esperamos que venha a ser uma peça do horizonte de sucesso da nossa comunidade de saúde e, mais especificamente, do controlo do cancro
na Região Norte.

O PROJETO ODISSEIA

path-15@3x

O projeto ODISSEIA (Oncology Disease Information System) tem como objetivo principal dar suporte à colaboração e partilha de conhecimento entre todos os atores envolvidos na prevenção, no diagnóstico, no tratamento e investigação em cancro, bem como a recolha, processamento e disponibilização de informação para os múltiplos utilizadores de toda a rede.

O projeto ODISSEIA (Oncology Disease Information System) tem como objetivo principal dar suporte à colaboração e partilha de conhecimento entre todos os atores envolvidos na prevenção, no diagnóstico, no tratamento e investigação em cancro, bem como a recolha, processamento e disponibilização de informação para os múltiplos utilizadores de toda a rede.

Este projeto apresenta diversas áreas de intervenção. A implementação de um sistema de informação capaz de integrar os registos eletrónicos dispersos nos vários sistemas de informação hospitalar desde relatórios anatomopatológicos, patologia clínica e genética, exames de imagiologia, relatórios de cirurgia, radioterapia e terapêutica farmacológica, incluindo quimio e imunoterapia e terapia hormonal. O alargamento do âmbito da intervenção para integrar com os sistemas locais das unidades de saúde, com os sistemas nacionais como o SICO (Sistema de Informação dos Certificados de Óbito), RNU (Registo Nacional de Utentes) e a telemedicina visam a dinamização da rede de colaboração com instituições de saúde públicas e privadas da Região Norte e com instituições nacionais.

A par da implementação deste repositório de conhecimento que visa o registo mais automatizado, rápido e completo
da informação, será implementado um rigoroso sistema de segurança da informação em observância estrita das mais recentes diretivas do Regulamento Geral de Proteção de Dados.

Outras intervenções previstas como a criação de uma plataforma para Avaliação de Qualidade de Vida, solução de Business
Inteligence para apoio à gestão de outcomes, sistema de apoio à decisão clínica no âmbito da oncologia e a criação de três portais dirigidos ao profissional de saúde, ao doente oncológico e ao público em geral, complementam a ambição
de colocar este conjunto de ferramentas ao serviço do doente, da criação de valor em saúde e sustentabilidade do SNS. Para um projeto com esta dimensão e complexidade, o contributo de dezenas de profissionais do IPO do Porto de áreas como a Epidemiologia, Outcomes Research Lab, Informática, Clínicas de Patologia, Centro de Investigação, Administração, EPOP, entre outros, é crucial, como é também importante o compromisso com o projeto por parte de entidades externas de saúde públicas e privadas.

O projeto iniciado em abril de 2016, tem um prazo estimado de três anos e é cofinanciado através do programa COMPETE 2020, Portugal 2020 e União Europeia através do FEDER, num valor próximo dos dois milhões de euros.

Ler mais

O projeto ODISSEIA (Oncology Disease Information System) tem como objetivo principal dar suporte à colaboração e partilha de conhecimento entre todos os atores envolvidos na prevenção, no diagnóstico, no tratamento e investigação em cancro, bem como a recolha, processamento e disponibilização de informação para os múltiplos utilizadores de toda a rede.

Este projeto apresenta diversas áreas de intervenção. A implementação de um sistema de informação capaz de integrar os registos eletrónicos dispersos nos vários sistemas de informação hospitalar desde relatórios anatomopatológicos, patologia clínica e genética, exames de imagiologia, relatórios de cirurgia, radioterapia e terapêutica farmacológica, incluindo quimio e imunoterapia e terapia hormonal. O alargamento do âmbito da intervenção para integrar com os sistemas locais das unidades de saúde, com os sistemas nacionais como o SICO (Sistema de Informação dos Certificados de Óbito), RNU (Registo Nacional de Utentes) e a telemedicina visam a dinamização da rede de colaboração com instituições de saúde públicas e privadas da Região Norte e com instituições nacionais.

A par da implementação deste repositório de conhecimento que visa o registo mais automatizado, rápido e completo
da informação, será implementado um rigoroso sistema de segurança da informação em observância estrita das mais recentes diretivas do Regulamento Geral de Proteção de Dados.

Outras intervenções previstas como a criação de uma plataforma para Avaliação de Qualidade de Vida, solução de Business
Inteligence para apoio à gestão de outcomes, sistema de apoio à decisão clínica no âmbito da oncologia e a criação de três portais dirigidos ao profissional de saúde, ao doente oncológico e ao público em geral, complementam a ambição
de colocar este conjunto de ferramentas ao serviço do doente, da criação de valor em saúde e sustentabilidade do SNS. Para um projeto com esta dimensão e complexidade, o contributo de dezenas de profissionais do IPO do Porto de áreas como a Epidemiologia, Outcomes Research Lab, Informática, Clínicas de Patologia, Centro de Investigação, Administração, EPOP, entre outros, é crucial, como é também importante o compromisso com o projeto por parte de entidades externas de saúde públicas e privadas.

O projeto iniciado em abril de 2016, tem um prazo estimado de três anos e é cofinanciado através do programa COMPETE 2020, Portugal 2020 e União Europeia através do FEDER, num valor próximo dos dois milhões de euros.

O projeto iniciado em abril de 2016, tem um prazo estimado de três anos e é cofinanciado através do programa COMPETE 2020, Portugal 2020 e União Europeia através do FEDER, num valor próximo dos dois milhões de euros

path-15@3x

PROF DRA MARIA JOSÉ BENTO Diretora so serviço de epidemiologia

TESTEMUNHOS

path-15@3x
PROLOGICA
GLINTT
GONKSYS
PROLOGICA
HLTSYS
PEDRO FONSECA
News Business Development Director
default 1
01. Qual a participação da sua empresa no projeto ODISSEIA?
A participação da GONKSYS no projeto ODISSEIA acontece no âmbito de um concurso público que teve como objectivo fornecer e reforçar a componente de segurança da informação, infraestrutura tecnológica e aplicações do IPO-Porto.
A participação da GONKSYS no projeto ODISSEIA acontece no âmbito de um concurso público que teve como objectivo fornecer e reforçar a componente de segurança da informação, infraestrutura tecnológica e aplicações do IPO-Porto. O principal contributo da GONKSYS foi a implementação de um cluster de firewall de alta disponibilidade para o data center, com o objetivo de separar e controlar as comunicações entre os diferentes segmentos de rede e níveis de segurança, com capacidade para análise e integração de políticas ao nível aplicacional.
Ler mais
default 1
02. Qual entende ser o valor acrescentado do projeto ODISSEIA?
Entendemos que o projeto ODISSEIA promove a partilha de conhecimento, de forma segura, entre todos os atores envolvidos
Entendemos que o projeto ODISSEIA promove a partilha de conhecimento, de forma segura, entre todos os atores envolvidos na prevenção, no diagnóstico, no cuidado e na investigação do universo da oncologia no Norte do País com benefício para os doentes, colaboradores e instituição.
Ler mais
default 1
03. Porque valoriza a associação ao projeto?
Para a GONKSYS foi um privilégio ter tido a possibilidade de participar e associar os seus quadros de engenharia altamente qualificados a um projeto desta dimensão.
Para a GONKSYS foi um privilégio ter tido a possibilidade de participar e associar os seus quadros de engenharia altamente qualificados a um projeto desta dimensão. No seguimento da adjudicação, tornámo-nos parte integrante desta solução inovadora, de qualidade, contribuindo para um ambiente tecnológico mais seguro abrangendo todos os que com o IPO-Porto se relacionam.
Ler mais
default 1
FILIPA FIXE
Executive Board Member
default 1
01. Qual a participação da sua empresa no projeto ODISSEIA?
Desenvolvimento e Implementação de Mecanismos de Segurança e de Integrações”.
Desenvolvimento e Implementação de Mecanismos de Segurança e de Integrações”. A solução da Glintt permite a comunicação entre sistemas de informação para troca de dados de saúde, suportada numa plataforma que possibilita a realização de integrações de estruturas de dados que cumprem normas internacionais e que garantem monitorização, auditorias e alarmística.
Ler mais
default 1
02. Qual entende ser o valor acrescentado do projeto ODISSEIA?
• Contribuir para a prevenção, diagnóstico, tratamento e investigação da doença oncológica;
• Promover a integração e a partilha de informação, promovendo o envolvimento de todos os atores da saúde;
• Contribuir para a prevenção, diagnóstico, tratamento e investigação da doença oncológica;
• Promover a integração e a partilha de informação, promovendo o envolvimento de todos os atores da saúde;
• Disponibilizar uma plataforma de integração entre diferentes sistemas com recurso às melhores práticas e standards de interoperabilidade: openEHR; HL7 CDA; SNOMED CT;
• Potenciar integrações alinhadas com a política e estratégia nacional de SI da saúde;
• Potenciar a eliminação de registo manual e erros de transcrição.
Ler mais
default 1
03. Porque valoriza a associação ao projeto?
A Glintt está no mercado da saúde há mais de 20 anos, concebendo, desenvolvendo e implementando soluções integradas.
A Glintt está no mercado da saúde há mais de 20 anos, concebendo, desenvolvendo e implementando soluções integradas. As competências técnicas e funcionais aliadas à capacidade de concretização de projetos, permitiu à Glintt ser líder em Portugal nos sistemas de informação na área da saúde. Pelo que muito naturalmente entendemos como mais-valia estabelecer uma relação ainda mais estreita de parceria com o IPO-Porto para apoiar os seus objetivos neste projeto ODISSEIA, em que a tecnologia permite melhorar e promover a equidade dos cuidados de saúde.
Ler mais
default 1
DIOGO REIS
Administrador
A PROLOGICA apresenta-se como parceiro tecnológico no desenvolvimento do Repositório Integrado de Conhecimento.
A PROLOGICA apresenta-se como parceiro tecnológico no desenvolvimento do Repositório Integrado de Conhecimento. O sistema permite concentrar toda a informação oncológica de cerca de 40 instituições da região Norte de Portugal num único repositório para partilha de informação integrada. É um complexo trabalho de reengenharia do sistema atual ao nível da recolha de dados e manutenção da sua qualidade.
Ler mais
default 1
01. Qual a participação da sua empresa no projeto ODISSEIA?
A PROLOGICA apresenta-se como parceiro tecnológico no desenvolvimento do Repositório Integrado de Conhecimento.
A PROLOGICA apresenta-se como parceiro tecnológico no desenvolvimento do Repositório Integrado de Conhecimento. O sistema permite concentrar toda a informação oncológica de cerca de 40 instituições da região Norte de Portugal num único repositório para partilha de informação integrada. É um complexo trabalho de reengenharia do sistema atual ao nível da recolha de dados e manutenção da sua qualidade.
Ler mais
default 1
02. Qual entende ser o valor acrescentado do projeto ODISSEIA?
A recolha da informação oncológica é hoje muito manual e propícia a erros. A visão é um sistema mais eficiente e fiável que integra todos os casos de doença oncológica e seu seguimento ao longo da vida.
A recolha da informação oncológica é hoje muito manual e propícia a erros. A visão é um sistema mais eficiente e fiável que integra todos os casos de doença oncológica e seu seguimento ao longo da vida. Potencia-se assim a analítica avançada, elevando a investigação clínica a um outro nível e permitindo tomadas de decisão mais fundamentadas na prevenção, diagnóstico e tratamento das doenças oncológicas.
Ler mais
default 1
03. Porque valoriza a associação ao projeto?
A PROLOGICA é uma empresa especializada em analítica avançada na saúde. Apresenta soluções e presta serviços específicos na área. Este projeto representa para nós uma grande referência, quer pela causa nobre que representa, quer pelo seu alinhamento com as nossas competências.
A PROLOGICA é uma empresa especializada em analítica avançada na saúde. Apresenta soluções e presta serviços específicos na área. Este projeto representa para nós uma grande referência, quer pela causa nobre que representa, quer pelo seu alinhamento com as nossas competências. Por outro lado, o projecto ODISSEIA é ímpar pelo seu potencial para a aplicação de soluções de analítica avançada e de machine learning que permitem disponibilizar aos profissionais e à sociedade alcançar novos conhecimentos “escondidos” nas relações entre os milhões de dados.
Ler mais
default 1
ISABEL CRUZ
Diretora de Projetos
default 1
01. Qual a participação da sua empresa no projeto ODISSEIA?
A HLTSYS foi selecionada para assegurar a gestão do projeto ODISSEIA, bem como efetuar o levantamento e desenho de processos relevantes e definir a arquitetura e especificações técnicas respetivas.
A HLTSYS foi selecionada para assegurar a gestão do projeto ODISSEIA, bem como efetuar o levantamento e desenho de processos relevantes e definir a arquitetura e especificações técnicas respetivas. Por um lado, a metodologia de gestão de projeto adotada visa assegurar que o IPO-Porto atinge os objetivos previstos na candidatura SAMA associada, em termos do âmbito de implementação, execução financeira e de cronograma. Por outro lado, o levantamento e desenho de processos e a definição da arquitetura e especificações técnicas efetuados visam garantir que a implementação do projeto ODISSEIA seguirá as melhores práticas e o atual estado da arte a nível internacional.
Ler mais
default 1
02. Qual entende ser o valor acrescentado do projeto ODISSEIA?
A HLTSYS acredita que o projeto ODISSEIA é estruturante para as atividades de prevenção, diagnóstico, tratamento e investigação da doença oncológica no Norte do País
A HLTSYS acredita que o projeto ODISSEIA é estruturante para as atividades de prevenção, diagnóstico, tratamento e investigação da doença oncológica no Norte do País, contribuindo para uma mudança no paradigma de registo e acesso à informação e para o envolvimento de mais atores, em particular o próprio doente.
Ler mais
default 1
03. Porque valoriza a associação ao projeto?
A associação ao projeto ODISSEIA permite ter contacto com as dificuldades concretas com que os profissionais de saúde se deparam na utilização de sistemas de informação e apoiá-los nos processos de mudança.
A associação ao projeto ODISSEIA permite ter contacto com as dificuldades concretas com que os profissionais de saúde se deparam na utilização de sistemas de informação e apoiá-los nos processos de mudança.
Ler mais

DIVULGAÇÃO DO PROJETO ODISSEIA

path-15@3x

26-28

SETEMBRO

Copenhaga

REUNIÃO CIENTÍFICA ENCR

O Serviço de Epidemiologia do IPO-Porto vai estar presente na reunião científica da Rede Europeia de Registos em Cancro (ENCR), onde os temas principais serão o Data Linkages e o Cancer Registries. No encontro vão estar  presentes os principais centros europeus de recolha de indicadores em cancro para discutir e partilhar descobertas de pesquisa, questões de registro e as melhores práticas do trabalho epidemiológico. A ENCR define os padrões de recolha de dados e dissemina regularmente informações sobre a incidência e mortalidade em cancro na Europa.

10-14

NOVEMBRO

Barcelona

ISPOR EUROPE 2018

O IPO-Porto vai estar representado no ISPOR Europe 2018, a principal conferência europeia sobre economia da saúde e outcomes research. O objetivo do Instituto é integrar uma rede de especialistas nesta área e ter uma participação ativa no panorama internacional onde se discutem as tendências emergentes na saúde.

path-15@3x
image
https://odisseia.com.pt/wp-content/themes/skudo/
https://odisseia.com.pt/
#f5f7f8
style6
paged
Loading posts...
/home2/odisseiaslocais/public_html/
#
on
none
loading
#
Sort Gallery
on
no
off
off
off